sábado, 12 de janeiro de 2013

Escrito no mar

Conheci-te na altura certa, não desejaria que tivesse sido antes ou depois. Apaixonámo-nos no tempo certo e eu não queria que tivesse sido noutra altura. O tempo certo, perguntas tu? Sim. O tempo em que nenhum dos dois tinha ainda medos, vícios de outros amores ou cicatrizes. Estive contigo quando o teu coração descobriu o que era amor, o que era amar e quando o teu corpo descobriu o que era desejo. Juntos fomos aprendendo as lições da vida e do coração. Juntos aprendemos a ludibriar as partidas que ela nos foi pregando. Apaixonámos-nos quando as tuas esperanças estavam ainda a nascer, quando os teus sonhos  e as tuas ideias eram puras, sem malícia alguma. Quando eras tu, aquilo que tu gostavas, aquilo que pensavas e aquilo que eu queria. Só assim. No momento em que nos cruzámos o teu interesse  devia ser só um: comer. Sim, tu comias por três. Depois passaste para as guitarras. Tiveste a fase das bicicletas, até começares a conduzir os carros lá de casa à socapa. Voltaste ao vício das motas, que segundo o que me dizias, era o mais antigo de todos. Passaste para os carros de novo, quando tiraste a carta e agora já só queres saber das motas outra vez. E eu vivi tudo isto de perto. Não foi preciso tu me contares. Agradeço não sei ao quê, muito menos a quem, o acaso de nos termos encontrado naquela altura. De corações livres, com uma imagem ingénua daquilo que era a felicidade e daquilo que "entregar-se" significava.

12 comentários:

Sara Filipa disse...

verdadeiro :)

danieladias disse...

Tão lindo, d. *.* Sem dúvida, tiveste sorte e ainda bem! Quero que sejas (continues) muito feliz. Que esse amor seja eterno!
Um beijinho enorme *

tânialopes! disse...

está tão sentido e transmitiste bem a felicidade.
gostei*

Cath disse...

oh Daniela, está tão bonito. há sempre tempos certos para o amor.

nicolemorais disse...

Meu Deus, está lindo!

sophie disse...

adoro querida :)

- danielamelo disse...

sem palavras ... que lindo :)

daniela fernandes disse...

Ei, obrigada Daniela :D

tânialopes! disse...

É o desporto, mas acima do desporto, está o Taekwondo!
É necessário muito trabalho :)

nicolemorais disse...

ahaha, certo :b de nada! <3

Cath disse...

penso que sim, tens razão. aprecio quando falas do teu, sabias? é bonito de se ler, imagino uma história digna de ser preservada para a vida :)

Cath disse...

mas querias citações de outros autores? acho que consigo arranjar, posso procurar no arquivo do meu tumblr. devo ter para lá algumas coisinhas :)

Enviar um comentário

«I don’t care if you’re black, white, straight, bisexual, gay, lesbian, short, tall, fat, skinny, rich or poor. If you’re nice to me, I’ll be nice to you.
Simple as that.»