sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Nem pela metade

 "A vida tem cores que por vezes não percebemos, tem sons que nem sempre ouvimos, tem sabores que não provamos, armadilhas que nós mesmos armamos, e caminhos, muitos caminhos, que ainda não percorremos. Falta nos tempo para apreciar os detalhes. Assim, deixamos o tempo, precioso tempo, escorrer pelos dedos da mão."

67 comentários:

carina disse...

adorei!

claudiagomes. disse...

ó se deixamos...

claudiagomes. disse...

és demais xD

carina disse...

não mereço essa comparação com Ela. oh, Ela é uma escritora a sério:))

carolina disse...

damos demasiado importância ao que não merece, é o que é.

inês disse...

é mesmo isso. obrigada! :)

Mariana disse...

"Não é para ser entendida, é para ser vivida." Se levassemos isto a sério sairiamos muito melhor!

ana disse...

gostei mesmo muito! ao tempo querida*

carina disse...

para mim ficará para sempre marcada como a escritora de eleição:))

claudiagomes. disse...

é bom é bom!

Mariana disse...

Eu percebi, sim :p
isso de às vezes os outros não deixarem é bem verdade! Muito depende só de nós, mas quando temos os outros, por vezes torna-se complicado..

carina disse...

por acaso li aqui em baixo o titulo do nome "morreste-me" e fiquei com curiosidade:)

carina disse...

*titulo do nome do livro

ana disse...

e o que te levou a ires procurar? :D

angélica disse...

mesmo :p

mariana. disse...

Obrigada (:

catarina disse...

oh muito obrigada querida !
és do f.c.porto ?

Mariana disse...

É verdade. Mas isso tem o seu lado positivo, também... Afinal, na nossa vida quem dita as regras somos nós :)

danieladias disse...

Adorei d. ♥

ana disse...

ah, muito bem meu anjo! :) e como estás?

ana disse...

vai estando daniela :) e novidades?

Anónimo disse...

Passamos demasiado tempo preocupados com o trabalho, com as horas, com o tempo, em si. Esquecemo-nos de que somos únicos, de que estamos num planeta único, com muito para ver. Esquecemo-nos de ter tempo para pensar um pouco sobre nós, um pouco sobre o nosso (existente ou inexistente) sentido. Esquecemo-nos de que criámos demasiadas regras, que organizámos um planeta que nem sequer precisava de se organizado, inventámos as mais estranhas loucuras, fomos sempre mais além. Transformámos um planeta que nunca conhecemos, e que, se assim continuarmos, nunca vamos conhecer. Esquecemo-nos de que a vida não são horários nem obrigações, porque seguir o mesmo caminho qur todos (estudar, trabalhar)? Porque não olhar o mundo da única forma lógica que existe (tentando compreendê-lo, aproveitando-o)? Porque não pensar um pouco? Para a maior parte das vezes, talvez "pensar seja demasiado difícil, e viver como todos os outros mais fácil". Para mim, viver com o peso na consicência de que não fiz tudo o que queria, de que não atingi os meus objectivos, é bem mais difícil do que pensar.
um beijo,
sofia

ana disse...

então está tudo óptimo para ti!
eu estou bem. já acabou a escola doce*

carina disse...

interessei-te,vou tentar comprá-lo:)

catarina disse...

eu também sou ! achas que vamos ganhar amanha ?

raquel barbosa disse...

obrigada querida, espero que seja uma noite fantástica (:
sim, é adorável a mala :D

catarina disse...

eu bem queria dizer isso, mas não sei não !

carina disse...

está bom e obrigada:))

Anónimo disse...

Mas resta-nos o tempo da alma, o Kayrós, a vivência eterna e repetida na diferença com o que somos...
IM

catarina disse...

pois é querida, eu quando o porto está a perder eu não consigo ver o final e muito menos os outros clubes a fazer festa ! como o que aconteceu com o apoel :s

Mariana disse...

exatamente!

ran disse...

Olha, muito obrigada.
Digo-te exactamente a mesma coisa, vou seguir <3

Cáa M. disse...

adorei simplesmente !

raquel barbosa disse...

disseram-me que no porto havia, tenho de passar por lá querida ;)

ana disse...

já concluí o 12º querida :)

patricia meneses disse...

oh gostei muito, tanto do post como do teu blogue :)

Cáa M. disse...

É bom saber isso :) , encontrar alguém que me entenda através das palavras e que partilhe da mesma opinião ! *
Muito obrigada !
É que é mesmo ! Não somos nós que queremos mentir, apenas não nos conseguimos exprimir o suficiente para ser totalmente verdade ! Eu também penso que "finjo" porque contar ou não contar iria dar ao mesmo e por isso, prefiro não contar !
Beijinhos, querida .

ran disse...

Ok querida, vou fazê-lo.
Continua <3

patricia meneses disse...

oh, obrigada :))
sim já tive hihi*

Cáa M. disse...

Li agora, está mesmo profundo esse texto :o ! e tens razão, é sobre o mesmo que eu escrevi .
Vou voltar mais vezes ao teu blog, porque gostei imenso, beijinhos* (:

ran disse...

Obrigada, mas só o tempo dirá se continuarei <3

aninhasbarreto disse...

que delicioso, adorei *-*

ran disse...

Pediu-me tempo e estamos sem falar.

ran disse...

Aceitei, não há problema linda :)

Cáa M. disse...

Muito obrigada, querida ! :) Eu já te seguia :b

Cáa M. disse...

(mas agora, que ando mais por cá, é que vou passar a vir mais rotineiramente :) )

beatrizpereira disse...

adoro o blog, e o que escreves, adoro *

aninhasbarreto disse...

ahaha, nao faz mal ^^
tu tambem és simpática daniela :))

raquel barbosa disse...

régua - vila real, e tu fofinha?

raquel barbosa disse...

bem, não se passa grande coisa aqui xD
nunca fui ai, mas já ouvi falar.

beatrizpereira disse...

ora essa, obrigado eu *

( vou seguir o teu blog )

alexandrapinto. disse...

oh que fofa, não faz mal nenhum! desculpa estar tanto tempo sem vir cá, não é normal de mim e como és uma seguidora nova, não fiques com mal impressão minha. é apenas o Tempo q não me dá mais tempo ... :c

Ana Gonçalves disse...

Adorei *

beatrizpereira disse...

obrigado eu :)

raquel barbosa disse...

de vez em quando acho isto bonito :D
sim, ao porto já fui querida (:

Luna Sanchez disse...

A vida é cheia de possibilidades, improbabilidades, surpresas...

É a vida, enfim.

Gostei daqui.

=*

merospontosdealma disse...

não é bem assim, à miúdos que não o são, desculpa, mas é o que eu acho. não é familiar (:

Ana Gonçalves disse...

Somos duas então :)

Ana Gonçalves disse...

Pois é, é assim mesmo :)

Cáa M. disse...

Da lista que está no meu perfil eu tenho alguns ocultados porque não gosto de ter ali os blogs que estou a seguir e o teu é um desses casos, aqueles continuam ali porque, já não vinha cá há bué e esqueci-me de os tirar (:.
Com a escola e o novo horário e assim não conseguia vir muito ao computador e quando vinha, não era durante muito tempo, por isso (: .

lii' disse...

pois é , não gosto nada :x

ana disse...

não, talvez pro ano, não sei :c

ana disse...

oh, não sei doce :c

Cáa M. disse...

ahaha, mas dá princesa :b . Áh, está bem, não faz mal :)

ana disse...

ahah, ;)

disse...

que post mais rico...
ameiii

danielacosta disse...

obrigada querida, fico feliz por saber isso. sigo* beijinho

Enviar um comentário

«I don’t care if you’re black, white, straight, bisexual, gay, lesbian, short, tall, fat, skinny, rich or poor. If you’re nice to me, I’ll be nice to you.
Simple as that.»