segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Dizia nunca esquecerei, e hoje lembro-me.

23 comentários:

Daniela Silva disse...

adoro!

Sofia Moreira disse...

rise above :) tem na barra

Anónimo disse...

Quando queremos lembrar-nos de algo, acabamos sempre por lembrar-nos. E é precisamente isso que definde o que, para nós, foi realmente importante.
bjs, ;)
sofia

Anónimo disse...

Piano Works aqui ao lado e «Morreste-me» fazem um par perfeito. São a moldura da imagem e do post...
IM

catarinacosta. ♥ disse...

que lindo!

Sofia Moreira disse...

ahah não tem mal querida :3

Mary* disse...

Está lindo!:)
beijinhos*

Jhenyffer Andrade disse...

O que foi verdadeiro será lembrado sempre..
Abraços.

emily disse...

é mesmo...

claudiagomes. disse...

amei... amei tanto.

Mafalda Ribeiro disse...

é isso :x

catarinacosta. ♥ disse...

obrigada qerida (:

Mafalda Ribeiro disse...

eu sei que sim! mas o problema é que quando encontramos o lado positivo de algo sofremos com esse lado positivo! e ficam duas feridas abertas! e esse o problema de querermos curar uma ferida. corremos o risco quase sempre de se abrir uma nova. e nem curarmos a primeira e se abrir uma nova..

maria sousa disse...

adoro, adoro (:

Catarina Silvestre disse...

adoro tanto este teu post e todo o blog *.*

Catarina Silvestre disse...

por curiosidade , estás a gostar daquele livro que estás a ler? :)

merospontosdealma disse...

é mesmo fofinho, acredita.

Liliana Rodrigues disse...

pois é.. hm!
obrigada,
também gostei do teu, e também te sigo :)

Mafalda Ribeiro disse...

exacto.. é mesmo isso! :x

Maria Inês Rodrigues disse...

É verdade :c Beijinhos *

APF disse...

muito obrigado :) gostei da frase.

alexandra disse...

adorei a frase*

S. disse...

Adoro, mesmo.

Enviar um comentário

«I don’t care if you’re black, white, straight, bisexual, gay, lesbian, short, tall, fat, skinny, rich or poor. If you’re nice to me, I’ll be nice to you.
Simple as that.»