sábado, 10 de setembro de 2011

Sou eu

 Todos os anos, por esta altura, inícios de Setembro, vejo-me obrigada a dar uma arrumação à minha secretária e aqui ao meu cantinho dedicado ao estudo. Nunca sei muito bem por onde devo começar. Tenho tanta coisa, por todo o lado, mas sempre tudo bem arrumado. Eu guardo tudo. Tudo! Não sei se será defeito ou virtude. Os papéis que as minhas amigas me mandam nas aulas, post-its poeirentos marcados com anotações minhas, folhas com resumos trabalhosos, sou capaz de guardar um bilhete de autocarro de um dia que me marcou, pela positiva. Uma ou outra caneta, já vazia. Facturas de almoço... e tantas outras coisas. Assim, deste género. Tralha. (Quase) Lixo!  E custa-me atirar com estas coisas para o caixote do lixo... Por isso eu vou adiando esta arrumação para os últimos dias. Para ganhar coragem e largar tudo aquilo que de certa forma me faz lembrar algo, alguém. Ou melhor, que me faz recordar de mim... como eu fui, o que eu fiz, com quem estive, onde eu fui... naquele ano que já passou. Porque tudo passa, eventualmente.  Felizmente, já tenho a secretária limpa e vazia... fi-lo com convicção até, porque só agora percebi que eu devo mesmo largar as coisas "velhas" para dar espaço às novas. Este será o meu último ano no secundário e eu vou precisar de imenso espaço para pousar toda a "tralha" que me vier parar às mãos. E, bem, a antiga não tem necessariamente de ir parar a um caixote do lixo... a prova disso reside por baixo da minha secretário, onde estão umas três caixas cheias, sei eu bem de quê.

25 comentários:

joanarocha disse...

eu sou como tu querida, guardo tudo, e é sempre bom depois rever, mais tarde *.*

inês disse...

é isso o que eu tento fazer, mas não sei... tenho medo.. :/

inês disse...

o que nós temos é uma curte. mas eu gosto dele e ele de mim. passa-se que é complicado estarmos juntos. e ele já me 'traiu' uma vez, tenho medo que se repita

Pat disse...

alguem como eu! a minha mae ta sempre a dizer que "como tu so mesmo as velhas que guardam tudo em saquinhos!". e tambem sou assim com roupa...

joanarocha disse...

ahahah, muito mesmo!

Mary* disse...

Eu também guardo tudo, e acredita é virtude!;)
Só não guardo coisas que me tragam más recordações!:)
beijinhos*

mariana ; disse...

eu também sou assim , tenho tudo numa caixa (:

Sofia Moreira disse...

gostei do post

inêsmorais' disse...

Já somos duas , acredita. É bom , uns tempos mais tarde , rever as coisas que tiveram , muito ou pouco , significado para nós :)

M A R I S A ' disse...

como eu te percebo xD mas eu faço essa tal limpeza logo quando acabam as aulas para não custar tanto porque ainda estou com o espírito "eia, férias, deixa-me cá livrar de algumas coisas" :)

Anónimo disse...

Sou exactamente assim, tal e qual! Guardo tudo, os cartões das toalhas do ginásio, os bilhetes, os postits, autorizaçoes para sair da escola fora de hora, nao ha nada que va para o lixo, e que o diga a minha caixinha que está sempre na mesa de cabeceira, que o digam os postits duranta as aulas de matemática que agora ganham pó dentro da caixinha.
Não me posso esquecer de mim, pois não? Então também não me posso esquecer das coisas e "tralhas" (que nao o sao) que fizeram parte da minha vida. Não memória não fica tudo e sabe bem lembrar certas coisas que já lá vão ;)
Somos nós e isso ninguém pode negar, vá o que vá para o lixo existirá sempre porque faz parte do nosso percurso, por isso para quê deitá-lo fora?
Beijinhos,
Sofia
PS: Não lhes chames tralhas, nunca lhes chamei isso, sempre chamei redordações... e tenho os desenhos dos meus amigos nas portas do meu armário... terei eu medo de os esquecer? :) Não, simplesmente quero lembrá-los todos os dias. :D

inêsmorais' disse...

Exacto.

mariana ; disse...

pois é (:

inês disse...

mas deixou-me mal, pq eu tbm podia ter estado com outros rapazes. mas não estive pq pensei nele, percebes? tipo, não é mal por não ter estado com outros é por eu ter pensado nele... e ele, pensou em mim? percebes?
pois, compreendo, mas o tempo tbm cura, não é? :)

Sofia Moreira disse...

não sei, sei que é um excerto que nicholas sparks que adorei :o

M A R I S A ' disse...

pois, mas daqui a uns tempos já não vai dar para guardar mais xD eu pelo menos já deitei fora aquilo a que não associo ninguém e acho que já não tem interesse

Sofia Moreira disse...

sim, ja sei que sim agora ahah :)

M A R I S A ' disse...

eu também acho, mas estive a pensar e acho que daqui a uns anos vai tudo para o lixo de vez :s

Pat disse...

eu tambem acho que ele se devia manter sem roupa, mas pronto, enfim :/

mariainês. disse...

faço exactamente a mesma coisa, guardo tudo, resumos que depois até me darão jeito para os exames, guardo talões de comprar que fiz ou de quando vou ao mcdonalds, guardo os papeis que troquei nas aulas numa caixinha e adoro passado todo este tempo, voltar a lê-los, adoro as memórias que contêm e ao contrário de ti, ainda não me consegui ver livre deles, não consigo mesmo, é mais forte que eu :o

inês disse...

eu sei, mas é sempre complicado...

Patrícia S. disse...

sou natural de portugal, mas vou morar este ano para frança.

Anónimo disse...

eu sou assim, hoje fui dar com bilhetinhos do meu oitavo e nono ano, recuei e parei no tempo. depois fiquei nostalgica e, ao fim de tantos anos, deitei-os fora, porque pensando bem... Mudam-se os tempos e as pessoas com quem convivemos também e no entanto vieram outras quase como "substituir".
E mesmo no fim acho que, mesmo que seja bom, acho que tudo o que marca nao precisa de recordação porque existe na mente, sem nada mais, está em nós, faz parte de nós...
Mas ha coisas que simplesmente não dão para despachar, pelo menos agora, e n forço a isso

Beijos Daniela
A tua amiga, Joana

Ana Luiza Cabral disse...

É bom guardar, mais as coisas que nos fazem bem. Adorei o post Dani.

mariainês. disse...

eu sofro de muita coisa pelos vistos, muahahahah xd

Enviar um comentário

«I don’t care if you’re black, white, straight, bisexual, gay, lesbian, short, tall, fat, skinny, rich or poor. If you’re nice to me, I’ll be nice to you.
Simple as that.»