quarta-feira, 17 de julho de 2013

Gosto que me faças perguntas para as quais eu não tenha uma resposta imediata. E cada vez mais acho que não as fazes para ti, mas por mim e para mim. Tu obrigas-me a vasculhar-me e a conhecer-me. Perguntaste-me, enquanto brincavas com madeixas do meu cabelo ao sol, o porquê de eu gostar tanto de ler. Eu dei-te uma resposta, mas não foi satisfatória, eu sei. Sei também que ainda te estou a dever essa resposta. Quando me perco nas páginas de um livro e leio estou a viver as vidas que não me são permitidas. Estou a viver nos sítios que não poderei viver, nem visitar até. Estou aprender o que ninguém será capaz de me ensinar. Estou a conhecer tanta, mas tanta gente...

10 comentários:

Sofia Marques disse...

e as palavras conseguem ser matreiras. obrigada :)

Cátiia Bandeira disse...

Nossa, se a tua lua de mel envolver Egipto, Paris ou Roma esquece, é contigo que caso xD

Cau disse...

Ao ler-te parecia estar-me a ver a mim. Sou tal e qual a pessoa que descreves :)

caçadora de sonhos disse...

sinto exatamente o mesmo que tu, linda! ler transporta-nos para outro mundo :)

Mary Soares disse...

sempre fantástico princesa! :)
beijinhos*

Diana Loureiro disse...

Aconteceu exactamente o mesmo que a mim, ao inicio achava que Paris não era 'sitio' para mim mas depois acabei adorando aquela cidade

sofia magalhães disse...

(não tenho tido tempo para ver séries mas também já me falaram muito bem dela, já há algum tempo que ando para ver. eu agosto devo ter tempo e talvez veja. adoro a Idade Média, espero não ficar... hum... demasiado viciada XD (humm, *espero*))

- danielamelo disse...

deliciosas palavras, daniela :)

Sofia Marques disse...

a sério?:o quem?:)

Luís disse...

Olá Daniela
Também leio para conhecer gente.
Gostei do blog, é confortável.

Enviar um comentário

«I don’t care if you’re black, white, straight, bisexual, gay, lesbian, short, tall, fat, skinny, rich or poor. If you’re nice to me, I’ll be nice to you.
Simple as that.»