sexta-feira, 26 de julho de 2013



Gostava de voltar a ser a criança que fui e ter tido coragem para te dizer que não. Mesmo sem garantias de que se o tivesse feito, hoje estaria melhor.

7 comentários:

Mafalda Fernandes ♥ disse...

todos nós por algum momento gostávamos de voltar a ser criança.

J. disse...

muito obrigada, daniela. bem eu fiquei contente pelo comentário mas mais ainda por ter descoberto o teu blog, adoro adoro adoro! identifico-me imenso com os teus posts, mesmo mesmo.

Mariana Duarte disse...

o tipo de letra é Hanuman (é uma que está em baixo da Gruppo , curiosamente a letra com que está escrito não corresponde ao verdadeiro tipo)
Estou mesmo contente e ansiosa, falta um ano apenas , podia já faltar uns meses mas não se pode ter tudo :)

Saturnine Luna disse...

dá que pensar!

Diana Garcia disse...

Acredito que não seja mesmo só clichés. É preciso saber dar e receber. Dizer sim e não. É preciso amar com cautela. É preciso tanta coisa. Mas no fundo amar é tão bom. É sentir-mos que queremos ficar com aquela pessoa todos os minutos da nossa vida, mesmo que essa seja eterna.

*adorei as fotos.

César Sousa disse...

Os resultados da rondas de votações já sairam. Será que o teu blog foi dos 4 mais votados? Quem serão os 12 finalistas? Confere aqui:http://oburguessocial.blogspot.pt

m. disse...

Adorei...

Enviar um comentário

«I don’t care if you’re black, white, straight, bisexual, gay, lesbian, short, tall, fat, skinny, rich or poor. If you’re nice to me, I’ll be nice to you.
Simple as that.»