segunda-feira, 21 de maio de 2012

adeus 17

Não guardo o gosto de escrever directamente sobre mim. Não gosto. Não me sinto bem a fazê-lo. Não sei sequer como começar, e se afirmo isto é porque já o tentei. Como podemos falar sobre nós próprios? Prefiro que me leiam e que me desvendem através das coisas que vou aqui publicando acerca de determinados assuntos em concreto ou então através daquilo que selecciono. Mas hoje é diferente. Hoje estou triste. Ou então não. Estou num misto de tristeza, melancolia e euforia. Hoje é o meu último dia com 17 anos. É o último dia em que posso ser encarada como menor pela sociedade (amanhã já sou grande, querem ver??!!!). Até é uma vergonha estar a escrever sobre isto, mas é verdade. Deixei de gostar de fazer anos a partir dos 14. Mas desta vez ainda estou mais deprimida! Hoje tenho 17, amanhã 18. Nunca mais voltarei a ser menor. Repito isto e não consigo assimilar... Sou mesmo tonta, isto amanhã já não é nada!!
Uma breve reflexão? Conquistei imensas coisas, mas mais importante que conquistar soube mantê-las! Conheci pessoas fantásticas ao longo destes anos e soube travar amizades. Enfrentei medos, enfrentei pessoas e não posso estar mais contente com aquilo que consegui. Fui muito, muito feliz. Isso basta-me. E só me dá mais vontade de continuar.
beijinhos,
daqui Daniela Fernandes a escrever pela última vez com 17 anos no seu blog  ahahahaha

22 comentários:

nicolemorais disse...

duvido, sabes? ele fechou-se muito depois de termos terminado, e eu já nem sei.
sabes que eu também deixei de gostar de fazer anos? mas foi só a partir dos 16, desejei parar lá a minha vida inteira. amanhã, se a minha cabeça tonta não se esquecer, dou-te os parabéns, prometo!

Margarida Costa disse...

Já tive 17 anos há algum tempo, sabes? E posso dizer te que fui muito mais feliz nessa altura... Quando ainda sonhava... Agora não tenho sonhos, morreram me na palma da mão quando desisti de mim e dos outros.
Bem, apartir da 1h da manhã fico mais parva portanto não ligues. Há de tudo correr bem e embora não faças mais 17 anos, também só terás 18 uma vez portanto aproveita!

Revejo me em ti muitas vezes sabes? Gosto de ti, estranha! :)
Ahhhh e parabéns!!!(já posso, certo?)

- danielamelo disse...

parabéns daniela :)

cláudiagomes. disse...

Nunca gostei de fazer anos. E, só amanhã é que desejo os parabéns.

nicolemorais disse...

pois é, e eu sempre tive em conta que toda a gente me dizia para o esquecer. eu sei que é o melhor, mas ele é o homem da minha vida. nunca mais vou amar alguém assim como o amo a ele. com esta idade, a amar tanto alguém, acredito que seja a pessoa da minha vida. mas também há outras coisas que me iriam impedir de o ter de volta. prezo muito mais as amizades do que o amor (ridículo?), e eu tenho uma amizade que não quero perder por causa dele... mas o destino ditará o melhor para todos.
e aqui estou eu, não me esqueci! parabéns, muitos parabéns, minha querida! que sejas muito feliz e bem vinda aos 18 anos :')*

joana disse...

Muito obrigada querida.
E parabens <3

Cath disse...

parabéns, Daniela <3
nunca te esqueças que a tua essência se manterá até ao fim. há coisas que não mudam, ainda que os anos passem. és uma pessoa bonita, soube-o desde que te encontrei neste pequeno mundo. um beijinho muito grande.

sophie disse...

Muitos parabéns amor *.* és tão linda!

cláudiagomes. disse...

Oh, desculpa :s
PARABÉNS <3<3<3<3<3<3<3<3<3

nicolemorais disse...

tens muita razão, a minha bondade toda algum dia há de ser recompensada. e neste momento eu só quero seguir em frente porque a mágoa que guardo é enorme e eu não quero ter espaço para ela no meu coração.
de nadaaaa<3

nicolemorais disse...

obrigada mesmo, por tudo! és uma querida <3

nicolemorais disse...

ohhh, ouviste-me e isso ajuda muito!

m. disse...

Parabéns e olha, és linda :|

Cath disse...

tinha apontado no telemóvel, por isso não me esqueceria de ti, mesmo que não fizesses este post. espero que o dia te tenha sorrido, mereces isso!
a vida é uma montanha russa de emoções, mas há algo dentro de nós que permanece sempre igual. o teu brilho não desaparecerá, eu sei disso. sê feliz, pessoa bonita que tive a sorte de encontrar por aqui :')

m. disse...

E como é ter 18 anos? Igual, né?!
Que linda ((: , obrigada!

sophie disse...

de nada linda :p

Cath disse...

eu tinha pensado "vou enviar uma mensagem de parabéns!", logo à meia noite, mas depois percebi que não tinha o teu número. tens de mo dar :)
esse livro é uma relíquia, cuida bem dele. eu sei que cuidarás! depois vai deixando aqui umas passagens, é sempre bom recordar.

faço no dia 8 de Junho, Daniela linda :')

m. disse...

Sinto o mesmo que tu. E, para te ser sincera, a maioridade não deveria ser aos 18 anos. Ainda há muita coisa que preciso de aprender para puder crescer. Aí sim, poderei assumir realmente as minhas responsabilidades.

sophie disse...

grande verdade:)

- sofia magalhães disse...

*parabéns* e não, não é estúpido escrever sobre isso, começou uma nova fase da tua vida e sabes que nunca poderás voltar atrás, arrependes-te insconscientemente de tudo o que ficou por fazer. :) olha em frente, o caminho ainda não chegou ao fim ;)

danieladias disse...

Parabéns atrasados d! Vais ver que os 18 anos são iguais aos 17, é o que eu acho :)
Beijinho *

Mery disse...

nice pictures...

Enviar um comentário

«I don’t care if you’re black, white, straight, bisexual, gay, lesbian, short, tall, fat, skinny, rich or poor. If you’re nice to me, I’ll be nice to you.
Simple as that.»