quarta-feira, 4 de abril de 2012

A Mulher


Ó Mulher! Como és fraca e como és forte!
Como sabes ser doce e desgraçada!
Como sabes fingir quando em teu peito
A tua alma se estorce amargurada!
Quantas morrem saudosa duma imagem.
Adorada que amaram doidamente!
Quantas e quantas almas endoidecem
Enquanto a boca rir alegremente!
Quanta paixão e amor às vezes têm
Sem nunca o confessarem a ninguém
Doce alma de dor e sofrimento!
Paixão que faria a felicidade.
Dum rei; amor de sonho e de saudade,
Que se esvai e que foge num lamento!

Florbela Espanca

29 comentários:

Euphoria disse...

que perfeição :)))

Euphoria disse...

Aposto que vais adorar. Leio imensa coisa na net dela e adoro! É sublime e inspirador :)

sophie disse...

que linda!

milene mateus. disse...

sou do Algarve :) Albufeira, mais propriamente :)

Euphoria disse...

Qual compraste? :)

milene mateus. disse...

O Porto é uma cidade linda também :) Ahhh, mas eu trocava! Adoro Albufeira, e apesar de estar muito ligada a esta cidade, para além das praias, (que são mesmo o meu mar), não me diz mais nada... Sinto uma ligação, desde pequena, muito maior com Lisboa! Adoro, adoro, adoro :)

Euphoria disse...

sim, por acao é uma boa ideia. assim também não te cansas só de versos. haha eu não consigo ler um só de poemas. acho cansativo.

milene mateus. disse...

Exacto, é como digo lá no post, vivi literalmente no lado errado de Portugal :). Existem tantas coisas que me "prendem" lá... Auff. O Norte é lindo! Também deixa lá que eu não fui assim tantas vezes para esses lados :p. Aconselho-te vivamente aqui para estes lados a visitares Albufeira, Sagres (Vila do Bispo), Portimão..

Euphoria disse...

Exato. Mas eu gosto de ler tudo seguido. Aliás, quando gosto de um livro sou capaz de ficar horas seguidas a ler :p

sophie disse...

ohhh :)

beatrizpereira disse...

lindo, lindo, lindo.

CM disse...

Olá querida :) Criei uma nova sondagem no meu blog e gostaria imenso que passasses por lá e que participasses. Um beijinho

Andreia disse...

adoro Florbela Espanca, ela é da terra onde eu nasci e tudo.

Euphoria disse...

um livro vai ser sempre um bom abismo para cairmos :)

nicolemorais disse...

oh, tontinha, não deves nada :b lindos!

- Bianca disse...

Que poema lindo *.*

beatrizpereira disse...

ora essa, de nada.

Andreia disse...

Évora. Acho que ela não nasceu mesmo cá, mas estudou cá, e esteve por algum tempo

- Bianca disse...

Oh, obrigada fofinha :')

nicolemorais disse...

ohh, obrigada:)

Euphoria disse...

claroooo. é o único abismo que prezo :)

Mary Soares disse...

Não poderias ter escolhido melhor poema da Florbela Espanca, parabéns princesa ;)
beijinhos grandes*

Euphoria disse...

música, escrever, o mar... :p

Euphoria disse...

claro. mas eu digo abismo no sentido de ser algo que te podes entregar e deixar cair, no caso do livros, nas palavras e imaginar tudo na tua cabeça. seres só tu. mais ninguém :)

Joan disse...

Obrigada da parte dela e da minha.
A foto está muito bonita, perderia a piada se me repetisse dizendo o quão forte acho aquilo que vocês, Daniela e João, têm.

carina disse...

oh é verdade, apaguei o outro blog :)

Cath disse...

após a perda, espero. vou confiar nas tuas palavras :)
não há palavras para este poema. Florbela há-de falar sempre por nós, e esta música a acompanhar torna tudo mais belo. ah, e és linda!

Euphoria disse...

ora nem mais :p já sabia que tinhas entendido, foi só para confirmar xD

carina disse...

porque já não fazia sentido tê-lo. já não há razão para continuar a escrever lá, e assim ajuda muito a seguir em frente :)

Enviar um comentário

«I don’t care if you’re black, white, straight, bisexual, gay, lesbian, short, tall, fat, skinny, rich or poor. If you’re nice to me, I’ll be nice to you.
Simple as that.»