sexta-feira, 10 de junho de 2011



Este ano foi diferente. Alguma coisa há-de variar de ano para ano, como é de esperar. Mas este ano eu não receei o seu fim durante um par de semanas. Aliás, já passou um dia e eu nem sequer me consigo habituar à ideia de que realmente o meu 11º ano está praticamente concluido.
Fui sacudida pela realidade quando os professores disseram umas palavras sobre o ano e sobre a turma. Quando o público começou a sair gradualmente do anfiteatro. A sala foi a ficando vazia. As mesas foram arrumadas e a professora de Filosofia disse que não era o fim de nada e deu um largo sorriso.
É verdade que não tinha grandes expectativas para aquela peça.
Para aquela noite, apenas levava comigo a esperança de passar umas boas horas com os meus amigos e a vontade de conhecer a Sofia. A talentosa Sofia.
Mas a verdade é que foi bem mais do que isso. A peça correu bem comparativamente com os ensaios (que foram apenas 3; temos o defeito de ser barulhentos, e sem a autoridade de um professor as coisas tornam-se bem caóticas).
Construimos tudo aquilo numa semana. A partir de uma ideia lançada em tom de brincadeira. Foi um último esforço em turma, e apesar de tudo, foi bem conseguido.
Foi óptimo olhar o público... ver e ouvir as suas gargalhadas.


Foi também um ano diferente na medida em que encontrei um pouco mais de mim. Cruzei pessoas fantásticas e alarguei horizontes... Em contrapartida, foi também o ano em que mais me zanguei com "as pessoas", "os outros" e com o Mundo... resta saber: até que ponto será isso mau?

18 comentários:

Sara Filipa disse...

gostei :)

procuranomeuarmario disse...

o tempo passa tao rapido :x mas é sempre bom conhecer novas pessoas e coisas :)

interessada em roupa vintage e/ou 2ª mao? Procura No Meu Armário ;) ***

Anónimo disse...

Obrigada por teres falado de mim no teu blogue, Daniela. Aproveita desde já para te dizer que adorei a peça. Estava todos muito bem!
Parabéns e obrigada
Inner

IM disse...

Não é mau, Daniela, nunca é mau. Tudo tem uma consequência, vem de algum lado e vai para algum lado. «face each day with both eyes open wide, and try to give, don't keep it all inside». À medida que vamos desbravando caminho dentro de nós, vamos deizando alguns rostos pelo caminho, pelo simples facto de que já não conseguem acompanhar o passo. Crescer é isso. Avançar é isso. Sobretudo, pensa nas palavras desta música fantástica e «don't let the day go by, don't let it end...don't let the day go by in doubt...THE ANSWER LIES WITHIN».

Anónimo disse...

Aconteceu o que tinha que acontecer para abrires os olhos e veres um bocadinho mais além do que se passa, if you know what I mean...
Ps. Três bichinhas lindas na foto de baixo, hein?
Depois acima encontra-se uma outra bichinha linda, a prof. de filosofia.

Joan

Gostii*

mariasousa disse...

hahaha adorei a tua resposta x) dei uma valente gargalhada à custa dela.
eu acho que todas as zangas e discussões, fazem bem, ajudam-nos a crescer como pessoas e ensinam-nos, por isso não penso que sejam más de todo.

Isabel disse...

Gostei bastane (:

ritinha. disse...

gostei muito * (não me lembro se já tinha comentado ;s)

Isabel disse...

Muito obrigada (:

Anónimo disse...

Joan ?
Não consigo mesmo dizer nada no teu blogue :s
nem sequer abre a coisa dos comentários :s
Olha como os bichinhos estão todos de preto ehehe formamos uma A.R. de góticos ahahahaha

daniela fernandes

ritinha. disse...

de nada, só disse a verdade (:

mariasousa disse...

sim, quem não deseja isso :)

mariasousa disse...

bem é conforme, quando estou de férias tento postar todos os dias, se tiver aulas normalmente é dia sim dia não, em alturas de testes às vezes passo dias sem postar.
porque?

tudo bem fofinha (:

ritinha. disse...

pois vao, infelizmente! -.-

Marisa disse...

de nada :p eu é que tenho de agradecer por seres uma espécie de inspiração :)

IM disse...

Uma bichinha??? Tá certo, está...heheheheh...(vais ter muito amigos, Joaninha, vais, vais...eheheh). Daniela, realemente os bichinhos estão de preto...todo o bicho que é bicho, é preto...ehehh

Anónimo disse...

Bichinha linda stôra! eheheh
Stôra, bichinhos são coisas muito especiais entre mim e a Daniela, (numa brincadeira para "picar" com o Joel, por isso foi um elogio! E como diz o José Castelo Branco "Neste mundo é tudo bicha, se não fosse não tinha piada", eheheh. (antes tudo bicha que "vichona") eheheh , senão não haveria mais mundo para a especie humana eheh.
Ahah, esteve muito bem com essa do "toco bicho que é bicho anda é preto" ahahah

Joan

IM disse...

!!!!!ahahahhaha
Uma boa frase para a Prof. Arminda perder a cabeça!!!...Ora eu queria dizer o quê??? «Todo o bicho queé bicho anda, e é preto». Assim sim...chiça...eheheheh

Enviar um comentário

«I don’t care if you’re black, white, straight, bisexual, gay, lesbian, short, tall, fat, skinny, rich or poor. If you’re nice to me, I’ll be nice to you.
Simple as that.»