terça-feira, 25 de dezembro de 2012


São os passos que oiço. Sempre para cá, sempre para lá. Sempre. Sempre decididos, parece-me. Só anda apressado quem está certo de para onde vai. Se assim não fosse andava como eu. Passo lento e arrastado. Por vezes parado. Dá voltas sobre si e faz o caminho inverso. O caminho de regresso. Como me alenta esta possibilidade que eu tenho e os outros não. Apenas porque a vejo, e eles não. Estão com pressa...
Depois é o cheiro. O cheiro de pessoas. Não pessoas como eu. O conceito, sabem? É mais pessoas, como pessoas. Como aquilo que de pior lhes atribuo. Elas falam. Falam muito. Falam demais. Eu não oiço o que falam, oiço o barulho. Só. Os sons interpenetrados que não se distinguem. É este o meu silêncio, hoje. A única coisa que apreendo é uma voz. Não é só uma voz. É  a minha voz. Que vem de dentro e vai para dentro. E é isto que custa... Saber que é a minha a única voz que entendo.

15 comentários:

nicolemorais disse...

Está maravilhoso!

nicolemorais disse...

De nada!
Não fiques triste..:)
E muito obrigada :')

nicolemorais disse...

Eu sei, mas não posso fazer nada :/

Claire disse...

Fiquei encantada com o teu blog.
Gostei mesmo muito do blog, vou seguir!
Beiinhos xx

Anónimo disse...

you're my voice

Catarina Francisco disse...

gostei imenso :)

Catarina Francisco disse...

é impossível não gostar :)

flá. disse...

Não é derrotismo. Estávamos só os 4 e, para piorar, a programação de Natal não foi nada de especial. Entretanto, o sono acabou por atacar. Mas foi um bom Natal. Só tenho saudades daquele brilhozinho que caracteriza o Natal.
Voltei para ficar. :)

Claire disse...

Não consigo seguir não encontro o botão para seguir :s desculpa

Claire disse...

Já vi e já segui nao tinha visto peço desculpa!!

martasousa disse...

melhor coisa do mundo mesmo!

Catarina Francisco disse...

acertaste em cheio, é mesmo isso que se passa com o meu coração! e de nada :)

martasousa disse...

concordo!

Daniela Castro disse...

Antes de mais obrigada por teres ido ao meu espaço e por teres deixado a tua positiva marca. Em segundo lugar deixa-me dizer-te que adoro a música do teu blog, no fundo é um bocadinho de história em cada pessoa.
Por fim, deixa-me dizer-te que escreves tão bem e encantas com as tuas ternas palavras.

Beijinho*

Sofia disse...

Obrigada querida, a natureza é realmente linda!
Amei o teu texto, está fantástico!

Enviar um comentário

«I don’t care if you’re black, white, straight, bisexual, gay, lesbian, short, tall, fat, skinny, rich or poor. If you’re nice to me, I’ll be nice to you.
Simple as that.»