sábado, 1 de dezembro de 2012






Fez passado dia 26 de Novembro, três anos, João, que roubámos algo um ao outro. Num mesmo e exacto momento. Algo que era só nosso e que deixamos na mão um do outro. Nem nos apercebemos da grandiosidade daquilo na altura. Pois, muito para além de não voltar a ser nosso aquilo que era, vou ter de ficar com o que era teu e tu com o que era meu. Para sempre. Eu acabei por te perdoar, dadas as circunstâncias. Tu? Nunca te importaste. Foi algo que sempre quiseste. E muito.

7 comentários:

nicolemorais disse...

Maravilhoso! Que roubem sempre coisas um ou outro, de preferência, coisas boas*

Liliana disse...

Boas palavras , e acredito que com muito dor também..

AquilesMarchel disse...

lembrar nem sempre é bom

não mesmo

sophie disse...

parabens meu amor!

sophie disse...

obrigada <3

Sara Daniela disse...

ooooooooooh, obrigada fofinha :))

danieladias disse...

Isso é que é amor, d. Muitos parabéns :)

Enviar um comentário

«I don’t care if you’re black, white, straight, bisexual, gay, lesbian, short, tall, fat, skinny, rich or poor. If you’re nice to me, I’ll be nice to you.
Simple as that.»