domingo, 2 de setembro de 2012

Todos nós merecemos sempre mais do amor. Até tu merecias. Sempre por excesso, nunca por defeito, é essa a única regra. Se assim é porque te contentaste com tão pouco? Não te voltes a deixar levar assim. Peço-te encarecidamente, para teu próprio bem. Deixa de escrever os "amo-te" que nunca te disseram nas folhas brancas dos cadernos. Moves parte da tua energia, gastas tinta de caneta e a diferença é inexistente: quer tenhas ou não escrito a folha continua vazia. Nunca esteve lá nada. Deixa-te de ilusões. Já não és criança, pois não? No lugar de ansiares o amor de que te falo, o amor que não te pertence, deverias cuidar em primeiro lugar do teu amor-próprio e tratar de enriquecer o teu espírito que é tão pobre. Tão pobre. Não sei se me é permitido sentir alguma espécie de piedade por ti... Certamente será, mas eu não sinto. Sujeitaste-te ao que passou por vontade própria, e continuas a sujeitar com maldades e mentiras (não digo "pequenas maldades e pequenas mentiras", porque as maldades e as mentiras nunca são pequenas). Aprende com os teus erros porque os outros também aprenderam com os seus. E projecta a ideia desta última frase... Se tu podes aprender com os teus erros como os outros também aprenderam, ainda há esperança para ti, ainda vais receber o amor grande que eu, por experiência te falo, recebo todos os dias. E que muitos outros recebem. E que tantos outros dão.
Mas sempre por excesso, nunca te esqueças, porque o amor é assim mesmo. O amor transborda. O amor é imenso. O amor é sempre.

28 comentários:

sofia magalhães disse...

há muita gente por aí que só precisa de amor. muita gente. muita.

Mary Soares disse...

Adorei princesa :)
beijinhos*

cláudiagomes. disse...

ali enganei-me... não gostei dele, amei-o.

carina disse...

:) maravilhoso "o amor transborda. o amor é imenso"

danieladias disse...

Excelente post d. ♥

C. disse...

Odeio estes dias em que estamos quase a entrar em fase escolar outra vez -.-

danieladias disse...

Tudo e mais alguma coisa d. :/

danieladias disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
danieladias disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Lia disse...

que tenhas razão e que isto dê certo! apesar de eu não acreditar muito *

danieladias disse...

Eu e o Cláudio não vivemos perto. Ele vive na Margem Sul (Almada) e eu em Sintra (Belas). É complicado encontrarmo-nos assim.

Lia disse...

primeira opção: medicina dentária. estou a uma décima da média do ano passado... caso não entre: farmácia biomédica

Lia disse...

e tu querida?

danieladias disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Lia disse...

também pus ciencias farmaceuticas mas depois de farmácia biomédica, e como farmácia biomédica tem média mais baixa, coise...
candidataste-te em que sitios?

Aurora disse...

Está fantástico princesa <3

Lia disse...

essas três também, 1ª opção em Coimbra. E sou de Braga :)

danieladias disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Aurora disse...

É mesmo minha querida e, obrigada eu <3

danieladias disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Soraia disse...

Gostei! :D

Joel Alves disse...

depois de te conhecer muito bem, acho eu... ainda me surpreende a maneira de como tratas o amor.. tu consegues trata-lo por "tu" e isso pouca gente o faz... fico surpreendido e orgulhoso quando leio algo teu... sinto que de alguma forma possa ter contribuído para todos os textos que fazes porque, afinal.. somos feitos de pessoas.. e eu espero que tenhas uns bocadinhos de mim e isso deixa-me orgulhoso!

danieladias disse...

Ele já me ligou e disse que tinha saudades minhas :D

carina disse...

ohh é bom saber que ficas:)

claire disse...

escreves tão tão bem..

Sara Pereira disse...

Muito bom mesmo amiga.
Amei.
Está perfeito.

Telma disse...

Adorei o texto :)

http://trapeziovermelho.blogspot.pt/

AquilesMarchel disse...

errar por fazer o suficiente, por fazer demais
qual a medida e quem mediu?

Enviar um comentário

«I don’t care if you’re black, white, straight, bisexual, gay, lesbian, short, tall, fat, skinny, rich or poor. If you’re nice to me, I’ll be nice to you.
Simple as that.»