sexta-feira, 30 de julho de 2010


É verdade, eu estava a dois passos do inferno; de um abismo escuro, absoluto e foi a tua mão que me impediu de continuar a caminhar na sua direcção.
Peço-te, por favor, para teres, também, este real facto em consideração nos momentos em que te martirizas ao julgares as tuas próprias acções.
Será um clichê afirmar isto: Erros é o que todos, todos sem excepção, cometemos. Não te culpes por tudo que eu não o faço.
Pára! Preciso de ti, como sempre precisei. E não me podes privar disso agora.
Olho o céu e encontro uma só única e solitária estrela no céu escuro, vais-te culpar por isso também?

19 comentários:

alexandrapinto disse...

Obrigada *.*
Também gostei muito do teu :D

FLÁVIOMATA disse...

Que texto lindo :o

nicas disse...

gosto muito :)

V'Andreia disse...

Obrigada pelas palavras :)
O texto está lindo

beijinho

ac disse...

carambas o teu blog está fantástico *-*
e tu escreves TÃO bem :')
vou , mas são tantos milhares , que eu nem devo aparecer na t.v :b

joana disse...

está lindo o texto !

Borblady disse...

tim o que está lá o teu mail (:

Tiago MM. disse...

eu sabia que ias gostar, esse é de longe, mas de longe (!) o melhor livro dela :)

esse é a continuação do diário da tua ausência, que é também um livro óptimo.

boas leituras !

Isabel disse...

Muito obrigada querida (:

Mel disse...

muito lindo(:

Gabriela disse...

Este texto está lindo *-*

DC. disse...

adoro o texto o:

ac disse...

si , sim linda *-*
ó , mas eu vou tentar ser muito discreta :D

Mel disse...

ainda bem que gostas, querida(:

beijinho

FLÁVIOMATA disse...

Estás sempre a fazer-te a mim, descarada pá (a)

ac disse...

além de ser discreta , sou tímida ... vai ser complicado :o

Gabriela disse...

Oh, obrigado eu :)

Maria disse...

O meu nome no twitter é buddhaformary . Já me estás a seguir :P
Beijinhos*

FLÁVIOMATA disse...

Ficas doidinha, é? (a)
Só podes votar uma vez :o

Enviar um comentário

«I don’t care if you’re black, white, straight, bisexual, gay, lesbian, short, tall, fat, skinny, rich or poor. If you’re nice to me, I’ll be nice to you.
Simple as that.»