domingo, 18 de abril de 2010


Nós estamos quebrados, partidos, separados.
Quebraste os pactos, as promessas e as juras por ti proferidas. Quebraste a confiança que em ti depositava. Quebraste a minha serenidade, a minha estabilidade. Quebraste a minha alma, o meu coração. Quebraste a minha capacidade de alguma vez poder voltar a gostar de alguém, como gostei de ti; quebraste tudo. Now what?

18 comentários:

Isabel disse...

Gostei imenso :)

Isabel disse...

Asério, não tens que agradecer querida :)

alexandra disse...

o que é que se passou? :s

Borblady disse...

10º ano queridaa (:

Isabel disse...

É tão bom de ler, essas palavras Daniela :)

Sara Santos disse...

e uma já lá vai xD

disse...

o amor é como o tempo: passa, é bom, vira-se a página, acha-se que a chuva nunca mais vai embora, e depois volta o calor abrasador do verão e as noites quentes, as festas, o sorriso no rosto, as recordações ficam para o inverno. o amor está para o tempo, como uma caneta está para um papel. procura alguém que te "ensine a amar de novo" :'D

Hapi disse...

Está lindo este post!

Biologia no 11º é lindo se gostares de genética e assim! É a minha disciplina preferida mesmo!

Isabel disse...

Eu sei que sim, obrigada Daniela :)

Borblady disse...

mas estamos em áreas diferentes querida (: eu estou em artes .
és de onde ?

alexandra disse...

ainda bem então :D

neechee disse...

now move on (:

dá sempre para seguir em frente, por muito magoadas q estejamos .

adorei o teu blog C:

be disse...

não sei sabes? eu não sei quem me ensinou a falar assim, a escrever assim. não tenho familia ligada ao ensino, às letras, à escrita. mas eu, estou na faculdade em português para professora. acredito fielmente que desde pequenina que uma força vertiginosa ja me empurrava para as palavras. se me imagino em medicina, enfermagem, direito, acção social? não. cada um nasce para aquilo que as suas veias impulsionam, o meu sangue empurra-me para isto :$
pode ser errado ou não, mas é assim que vejo o mundo, que me vejo. eu é que agradeço, é bom, muito bom, saber que aquilo que digo chega ao coração dos outros. :$

tii disse...

Pois sou , sou um monstro *-*

Borblady disse...

eu sou de Lamego, nao sei se conheces :3

alexandra disse...

foi mesmo *.*
já tinha saudades!

Dazh disse...

Agora, só o tempo dirá x)

FLÁVIOMATA disse...

Nem sei como aguentaste tanto tempo (a)
Gosto deste post, embora transmite uma tristeza profunda.

Enviar um comentário

«I don’t care if you’re black, white, straight, bisexual, gay, lesbian, short, tall, fat, skinny, rich or poor. If you’re nice to me, I’ll be nice to you.
Simple as that.»